Busca

 
 
Um grupo de alunos do 7º ao 10ª período de Fisioterapia da UCP, e também professores do estágio na Clínica-Escola da Universidade (Cidepe) participaram neste mês de um curso sobre Método Treini. Durante cinco dias, de 17 a 21 de janeiro, eles aprenderam os princípios gerais de aplicação do método com seu criador, o fisioterapeuta Renato Guimarães Loffi. As aulas foram ministradas na Clínica-Escola de Fisioterapia da UCP.
Alunos de Fisioterapia participam de curso sobre Método Treini
O curso teve como objetivo capacitar os alunos de Fisioterapia da UCP para que possam utilizar o método na Clínica-Escola da Universidade em pessoas que apresentam lesões no sistema nervoso central. A proposta foi estimular e desenvolver habilidades de raciocínio clínico em princípios de arquitetura corporal baseados em tensegridade; sistemas complexos; percepção ação; Medida Canadense de Desempenho Ocupacional; Terminologia uniforme da terapia ocupacional; Classificação Internacional de Funcionalidade; Abordagem top down; Teorias de controle motor e aprendizagem motora.

Além da teoria, no curso os alunos puderam realizar treinamento clínico por meio de práticas com manequins e pacientes. Tudo sob orientação do criador do método, o fisioterapeuta Renato Loffi, que reúne diversas especialidades - em Aprendizagem Motora, Neurofuncional, em Neurologia, Ortopedia e Esportes, entre tantas outras.

“O Método Treini proporcionou atualização de recursos fisioterapêuticos em consonância com as políticas públicas de inclusão, assistência e reabilitação das pessoas com deficiências, utilizando tecnologia assistiva, fundamentada na prática baseada em evidências clínicas”, explica a coordenadora do curso, Ave Regina de Azevedo Silva.

Para os alunos, o curso foi uma oportunidade de agregar novos conhecimentos, de uma inovadora técnica, à formação profissional e pessoal de cada aluno.

“Ter a oportunidade de participar do curso foi uma experiência única. Pude aprender durante cinco dias um método criado com inteligência, criatividade, amor ao próximo e, como vimos, pró-atividade! Renato e seus colaboradores trouxeram vida a uma ideia maravilhosa e com resultados comprovadamente certeiros. Parabéns à UCP por aderir à nova era em Neurologia e obrigada por compartilhá-la conosco”, destaca Dayane da Silva, que acaba de concluir o curso de Fisioterapia.

A aluna Clariana do Prado ressalta o diferencial da técnica no tratamento dos pacientes.

“O método Treini trouxe uma forma inovadora de tratamento intensivo, que respeita os limites do indivíduo, mas consegue fazer com que barreiras sejam ultrapassadas. Pudemos aprender nesses cinco dias que a prática baseada em evidências nos traz segurança e eficiência e, que ser pró-ativo transforma vidas. Sou grata ao Renato e colaboradores por ter tido a oportunidade de me aprofundar em uma técnica que a cada dia comprova a sua eficácia, e que acima de tudo tem todos os seus conceitos firmados na ética, sendo fundada sobre toda uma filosofia de proporcionar qualidade de vida aqueles que mais precisam”, disse.

“O curso Método Treini vai agregar na minha vida profissional, no que tange a uma abordagem inovadora de tratamento fisioterapêutico para as pessoas que necessitam. Já no aspecto pessoal, trouxe mais orgulho, satisfação, amor, paixão pela Fisioterapia, além do conhecimento sobre este método tão incrível de tratamento”, pontua a aluna Lilia A. Santos.