Busca

            
 
 
Em parceria com a Receita Federal, a Universidade Católica de Petrópolis (UCP) terá o primeiro Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF) do município. A novidade foi confirmada em reunião nesta sexta-feira (15.03) com a Reitoria da Instituição e representantes dos órgãos envolvidos - além da Receita Federal (RFB), o Conselho Regional de Contabilidade e a Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro. O lançamento da unidade acontece no próximo dia 21 de março, às 19h, no Salão Nobre do campus Benjamin Constant. Além da assinatura do termo de cooperação, a programação contará ainda com a palestra Práticas Contábeis no Século XXI: O papel do NAF na sociedade, que será aberta ao público.

“Nós agradecemos a importância dessa parceria, com vocês dentro da nossa Instituição colaborando com o Núcleo e com a capacitação dos alunos trabalhando dentro da nossa vocação. Enquanto universidade católica e comunitária, nós temos esse viés forte que é de alguma maneira oferecer à comunidade serviços que contribuam com seu crescimento. Temos trabalhado a cultura de paz, comprometimento e bom relacionamento. Acredito que quando a gente trabalha oferecendo possibilidade das pessoas fazerem as coisas certas, evitamos possíveis conflitos e tensões. Então se faz correto, a gente caminha bem” disse o reitor da UCP, padre Pedro Paulo de Carvalho Rosa.

O NAF será como um “escritório” vinculado à UCP, no qual é oferecida orientação tributária e fiscal pelos estudantes universitários – sob a supervisão dos profissionais - a pessoas físicas, bem como a microempresas, microempreendedores individuais e entidades sem fins lucrativos. A intenção é promover uma maior interação entre a RFB, a IES, alunos e sociedade, oferecendo, por meio da cooperação mútua, a qualificação de futuros profissionais contábeis e a prestação de serviços fiscais aos contribuintes que não possuem condições.
 
Dessa maneira, os estudantes têm a oportunidade de se qualificar por meio de uma vivência prática, proporcionando a aplicação prática do seu aprendizado acadêmico, assim como a geração de conhecimento acerca das obrigações tributárias por meio, por exemplo, de discussões, criação de palestras, grupos de estudo, treinamentos e visitas guiadas à RFB.

“É uma satisfação nossa fazer uma atividade como essa, em uma instituição séria, com tantos anos de tradição prestando serviço à sociedade. Nós nos comprometemos a fazer o melhor possível. Sozinhos não conseguiríamos fazer isso. Mas juntando esforços conseguimos fazer algo que impacta um pouco a sociedade e já é um grande benefício a todos”, disse José Paulo Correia, chefe substituto do Serviço de Programação e Logística da Delegacia da Receita Federal do Brasil, em Nova Iguaçu. 

Rua Benjamin Constant, 213 
Centro - Petrópolis/RJ
24 2244-4000