Busca

 
 
A relevância do trabalho desenvolvido na Universidade Católica de Petrópolis (UCP) foi mais uma vez destaque em evento internacional. A ex-aluna Débora Yohane Cunha Azevedo Silva, graduada em Engenharia de Petróleo, teve seu artigo premiado em um concurso realizado no Rio Oil & Gas, importante congresso internacional do setor. Ela apresentou nesta quarta-feira (26.09) o artigo baseado no Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) que defendeu no segundo semestre de 2017 com nota 10. O evento acontece de 24 a 27 de setembro no Rio de Janeiro.

O artigo técnico de Débora trata sobre o estudo das colunas de produção no projeto de um poço produtor de petróleo. Ele foi apresentado no concurso SPE Brazil Section Student Paper Contest 2018, realizado durante o evento, que é uma competição de trabalhos acadêmicos em nível nacional promovida pela SPE (Society of Petroleum Engineers) Seção Brasil. 

Graduada da UCP ganha concurso em congresso internacional

A iniciativa tem como objetivo fomentar a produção científica brasileira na área de engenharia de petróleo, incentivando estudantes de diferentes estágios acadêmicos (graduação, mestrado e doutorado) a desenvolverem trabalhos de alto nível. A engenheira – que disputou na categoria graduação - ganhou o primeiro lugar por unanimidade, fazendo a pontuação máxima.

“Fiquei muito feliz em ter ganhado o primeiro lugar e foi uma surpresa, porque o nível dos trabalhos é bastante alto, com excelentes profissionais e acadêmicos. Mas só tenho a agradecer à UCP, que contribuiu imensamente pra minha formação acadêmica, com infraestrutura e educação por meio do excelente nível de professores do ramo de petróleo e gás, que desde cedo me incentivaram a buscar o conhecimento e não desistir dos meus sonhos”, comemora a jovem que já está fazendo o mestrado em Engenharia Mecânica em busca de aprofundar ainda mais o conhecimento.

Graduada da UCP ganha concurso em congresso internacional

Para o professor orientador de Débora, Ricardo Franciss, a conquista da jovem confirma a competência da ex-aluna desde a graduação e os profissionais de excelência que a UCP insere no mercado.

“Desde que a Débora apareceu eu já sabia que seria um diferencial, pois ela mostrava um interesse único e comprometimento em sala de aula. No TCC ela fez quase tudo sozinha. Pontuava uma coisa ou outra e ela rapidamente já estava com tudo feito. E agora receber essa notícia é uma felicidade, pois o congresso reúne profissionais muito competentes. Estou satisfeito por ter uma aluna que conseguiu ir além do que a gente se propôs, que é escrever um bom trabalho de TCC. É fazer um trabalho de congresso e competir com profissionais competentes. Isso reforça a excelência dos profissionais que formamos na UCP”, destaca Franciss.