Busca

Professor | Coordenador
 
 
As Atléticas de Direito e Psicologia da UCP se destacaram em campeonatos realizados no fim de maio e início deste mês. Campeã pela primeira vez nos Jogos Jurídicos 2018, a Atlética Imperial de Direito ganhou o título no futebol de campo masculino, além de outras premiações em quatro modalidades. Já a Triton, a Atlética de Psicologia, foi vice-campeã no Campeonato Universitário Petropolitano (CUP) com o vôlei feminino.

Nos Jogos Jurídicos, além do título do futebol de campo, a Atlética Imperial ainda conquistou o terceiro lugar no basquete masculino; o terceiro lugar no judô feminino; o terceiro lugar no salto em distância feminino; e ainda três medalhas na natação feminina - sendo 2 bronzes e 1 prata - sem contar outras boas colocações em diversas modalidades entre as 14 que competem. 

Atlética Imperial de Direito foi campeã no futebol de campo nos Jogos Jurídicos 2018

“Sou suspeito para falar da importância das Atléticas na vida universitária, pois por diversas vezes o que me manteve no curso foi a Atlética e tenho certeza que há diversas histórias parecidas com a minha. Pude acompanhar o nascimento e auxiliar na estruturação de outras atléticas e ficamos felizes de ver o esporte universitário crescendo, isso em muito nos alegra”, afirma Pedro Melo, presidente da Atlética Imperial de Direito.

Em sua segunda edição, o Campeonato Universitário Petropolitano (CUP) destacou a Atlética de Psicologia, que tem apenas três anos de existência. Na curta trajetória ela já é bi-campeã do vôlei feminino no Intercursos; vice-campeã do xadrez e tênis de mesa, ficando em 5° lugar no geral do campeonato.

Atlética de Psicologia Triton foi vice-campeã no Campeonato Universitário Petropolitano
“Esse título é muito importante para nossa Atlética, pois é o primeiro troféu, principalmente por ter sido fora da UCP. Enfrentamos a Atlética de Medicina de Petrópolis e foram três rodadas e uma super final disputadíssima! Jogos disputadíssimos ponto a ponto, sem termos técnico! Somos vice-campeã com gosto de campeã, não desmerecendo o título de Medicina. Com esse resultado, só temos motivos de querer crescer cada vez mais, tanto com os atletas quanto a torcida, que é muito importante”, comemora Daniel Maiworm, vice-presidente da Atlética, que também destaca a importância das Atléticas na vida universitária.
 
“O papel das Atléticas é de unir mais ainda o curso, promovendo a prática esportiva e a interação com as demais Atléticas, seja com as da UCP ou com as de fora”, frisa.