Busca

 
 
Como forma de valorizar a conquista dos alunos e egressos por todo o mérito e também como um incentivo a todos os estudantes, a UCP prestou uma singela homenagem aos quatro estudantes de Engenharia Civil e à graduada em Engenharia de Petróleo que foram destaque com o 1º lugar em concursos promovidos em congressos renomados. Nesta segunda-feira (1º.10), eles receberam das mãos da reitoria um certificado parabenizando pela conquista e também tiveram a oportunidade de contar um pouco dessa experiência.

“Foi muito gratificante para todos nós ver que o que fizemos no laboratório durante 4 meses, todo dia, foi concretizado. Um sonho realmente concretizado. Levamos o nome da UCP para um evento que tem representatividade no Brasil. Saímos daqui com a mentalidade de que éramos uma faculdade pequena. E quando recebemos o resultado vimos que a UCP é gigante. Somos capazes de competir com qualquer Universidade”, afirma Leonardo de Souza Corrêa, um dos estudantes de Engenharia Civil.

Ele e as alunas Luana Ferreira de Carvalho, Ana Cláudia de Mello Nascimento e Ana Beatriz Brandão Medina Dolher Souza conquistaram o 1º lugar no concurso Quem sabe faz ao vivo, realizado no 60º Congresso Brasileiro do Concreto. Na ocasião, ele destacou, ainda, a importância do conhecimento e infraestrutura oferecidos pela Instituição, que somados ao empenho e competência dos alunos tem como resultado o reconhecimento com premiações e destaque do trabalho desenvolvido na Instituição. 

“Foi muito bacana ver que tudo o que a gente estava fazendo aqui no laboratório deu certo. E UCP tem reconhecido a gente. E isso é muito importante, pois dá gosto de vir pra cá, fazer as coisas e pesquisar e levar tudo isso adiante. A ficha ainda não caiu. Estivemos no maior congresso de concreto do Brasil e a UCP está entre as melhores Universidades. No próximo ano estaremos lá competindo, mas a gente leva também artigos, conhecimento e aprendizado, que é o mais importante”, frisa o aluno de Engenharia Civil. 

Docentes destacam o trabalho da Instituição

O coordenador do curso de Engenharia Civil, Robson Gaiofatto parabenizou o grupo e ressaltou a relevância do trabalho desenvolvido pela Universidade.

“Esse resultado que conseguimos, é algo que começamos a buscar há uns 10 anos, quando fomos com o primeiro grupo de alunos a uma reunião do Ibracon. No ano seguinte fomos de fato a uma competição e conquistamos o 3º lugar, o que foi muito importante. Essa vitória de agora é o resultado de um trabalho a longo prazo e também de uma dedicação muito grande, onde a gente procura trazer para a universidade o que existe de mais moderno em termos de tecnologia. As nossas parcerias com as empresas nos permitem conhecer praticamente o que existe de material disponível no mundo, trazendo para o nosso laboratório”, disse o professor destacando o potencial e competência dos estudantes.

“Quero parabenizar os meus já colegas, que em certos aspectos mostraram que sabem mais do que a maioria dos engenheiros que estão no mercado. Deram um show de engenharia. E ouvi de um dos mais renomados engenheiros do país que a UCP marcou o nome no Ibracon. E isso é muito importante para nós”, disse Gaiofatto.

A homenagem também foi prestada à ex-aluna Débora Yohane Cunha Azevedo Silva, graduada em Engenharia de Petróleo, que teve seu artigo premiado com o 1º lugar no concurso SPE Brazil Section Student Paper Contest 2018, realizado no Congresso Internacional Rio Oil & Gas. A egressa, que não pode estar presente, foi representada pelo professor Ricardo Franciss, que foi seu orientador no TCC que inspirou o trabalho premiado.

“Ela recebeu o reconhecimento de todo o esforço e trabalho dela desde o estágio supervisionado, quando despertou o interesse pelo tema, até a apresentação do artigo na semana passada. Todo esse trabalho que tivemos durante dois anos, até a defesa do TCC que foi nota 10, cumpriu-se a ideia de fazer um excelente TCC para a casa e os melhores transformar em artigos técnicos ou para congressos. E com isso divulgarmos a relevância do que é desenvolvido na UCP”, disse Franciss.