Busca

 
 
A Universidade Católica de Petrópolis (UCP) acaba de firmar um convênio com a Universidade do Porto, em Portugal, entre os cursos de Engenharia Civil das Instituições. A parceria garante a alunos e docentes das duas universidades – de graduação, mestrado e doutorado - o intercâmbio de conhecimento e experiência em ambos os cursos.   

O convênio é resultado de uma parceria antiga entre as duas instituições, iniciada pelos professores de Engenharia Civil, Robson Luiz Gaiofatto, da UCP, e Humberto Varum, da Universidade do Porto. O interesse em firmar um convênio entre as duas escolas foi intensificado após um artigo apresentado na referida instituição portuguesa, em 2016, por Gaiofatto, que também é coordenador do curso de Engenharia da UCP. O artigo, produzido com outras duas docentes – Ana Kyzzy Fachetti e Erika Pereira Machado -  tem como objeto a restauração da Catedral – que também foi tema de outro artigo do trio publicado neste mês no Congresso Internacional em Cárcere, na Espanha. 

Professor Robson Gaiofatto na Universidade do Porto, em Portugal
Professor Robson Gaiofatto na Universidade do Porto, em Portugal


No Congresso no Porto, na ocasião, o professor da UCP foi assistido por 19 nacionalidades e atraiu a atenção do público ao apresentar o trabalho sobre um dos principais atrativos histórico-cultural-religioso de Petrópolis, a Catedral São Pedro de Alcântara.
“Um dos focos principais do curso de Engenharia Civil do Porto é o estudo do patrimônio. Então o convênio que firmamos também é aberto a alunos do curso de Arquitetura da UCP que queiram se especializar e fazer estudos em áreas da Engenharia, como materiais, por exemplo”, explica o professor.

Para ele, parcerias como a firmada com a instituição portuguesa ressalta a relevância da UCP na área da Educação e na qualidade do ensino oferecido aos seus estudantes. 

“A participação da UCP em eventos internacionais e nessa parceria primeiramente mostra a capacidade que temos com o nosso curso, laboratórios, com a nossa estrutura e professores. E por outro lado abre para os alunos da Engenharia e Arquitetura um imenso universo de possibilidades que eles podem tirar proveito na melhoria da sua formação. E mesmo para aqueles que não tem possibilidade de ir à Portugal, de participar diretamente desses eventos, é importante considerar que o fato dessa parceria existir faz com que os alunos que estejam na graduação sejam afetados por uma melhoria de qualidade consequente dessas parcerias de conhecimento que desenvolvemos entre as universidades”, destaca Gaiofatto.

Professores Robson Luiz Gaiofatto, Ana Kyzzy Fachetti e Erika Pereira Machado
Professores Robson Luiz Gaiofatto, Ana Kyzzy Fachetti e Erika Pereira Machado