Busca

 
 
Conferências, aula aberta, minicursos e uma mesa-redonda discutiram, sobre diversos aspectos, o humanismo de Jacques Maritain durante a Semana Acadêmica 2019 do Centro de Teologia e Humanidades da UCP, encerrada no sábado (04.05) com o Seminário dos Egressos. A programação, aberta ao público, teve início na última segunda-feira (29.04) e promoveu diversas atividades realizadas no Campus Dom Veloso e também na Faculdade de São Bento e Centro Dom Vital, ambos no Rio de Janeiro, parceiros na organização do evento nomeado Colóquio Internacional sobre o Humanismo de Jacques Maritain.

“A Semana de fato foi muito rica pela ideia fundamentalmente de fazer em três lugares, com a participação de professores de distintos lugares, mas também essa riqueza de conhecer estruturas diferentes de ensino na área da Filosofia, das Letras e História. Esse é o primeiro aspecto. Por outro lado, a experiência de internacionalizar a UCP, trazendo professores do exterior – trouxemos franceses e um romeno. Isso creio que enriquece também a perspectiva dos alunos. Uma tomada de consciência do alto nível de reflexão da UCP na área de Humanidades. E o terceiro aspecto é que agora formamos um núcleo de amizade com esses estrangeiros, que estão dispostos a fazer outros eventos em parceria”, comenta o vice-diretor do CTH, Prof. Dr. Carlos Frederico Calvet.  

Semana Acadêmica do CTH é encerrada

A Semana do CTH – Colóquio Internacional sobre o Humanismo de Jacques Maritain trouxe para a UCP nomes importantes que se debruçam sobre o pensamento do filósofo católico, como a Profª. Draª. Claire Bressolette e o Prof. Dr. Alin Tat. A programação também contou com apresentação musical com o Coral e com o Conjunto de Câmara da UCP, apresentação de trabalhos na área de Humanidades e dos Seminários dos Egressos da graduação e também de mestrandos e doutorandos.  

“O balanço que fazemos da Semana Acadêmica foi bem positivo. Tivemos 49 apresentações de trabalhos, uma coisa muito rara. Foram apresentações maravilhosas. A palestra de abertura com o Prof. Edgard foi muito boa. Tivemos uma aula aberta com o Prof. Dr. Rafael Bastos que teve uma participação muito bacana. Para os alunos também foi uma experiência nova e interessante participar dos minicursos que tiveram tradução simultânea. Foi algo bem interessante e bom também para o amadurecimento”, observa o diretor do CTH, Prof. Leandro Rodrigues.

Jacques Maritain é tema da Semana Acadêmica do CTH 2019 aberta nesta segunda