Busca

 
 
Com objetivo de apresentar aos alunos do curso de Pedagogia e licenciaturas novas vivências didáticas, foi promovida nesta terça-feira (16.04) a palestra Metodologias ativas: faz sentido? O encontro contou com a participação da mestre em Educação, Mônica Chung Marques Corrêa Tesch.

Um modelo mais atual de didática dentro da sala de aula, que pode ser usada desde a Educação Infantil ao Ensino Superior, a Metodologia Ativa se torna muitas vezes mais eficaz no aprendizado do aluno. 

“É a tendência atual. Hoje, muitos colégios e universidades já trabalham a metodologia ativa, principalmente na área da Saúde. Dessa forma a aprendizagem é mais significativa. O aluno aprende fazendo. Ele mesmo constrói o seu conhecimento. Aos poucos eles vão se interessando e se aprofundando”, comenta Mônica, que realizou uma espécie de palestra/oficina para os estudantes.  

“Vou tratar de três abordagens da Metodologia Ativa: que é a sala de aula invertida; a “gamificação” e o ensino híbrido. Faremos uma atividade dinâmica para os alunos aprenderem uma metodologia para se apropriarem do conhecimento que vamos conversar hoje”, conta.

View the embedded image gallery online at:
http://www.ucp.br/web/index.php/en/noticias-ucp#sigFreeIdede8acd06b
No último sábado (13.04), o curso de Arquitetura e Urbanismo da UCP promoveu uma mesa-redonda sobre Territorialidade Socioambiental e Sustentabilidade. O encontro, que aconteceu no Auditório do campus Dom Cintra, foi feito por três arquitetas formadas pela Universidade do Grande Rio que apresentaram seus trabalhos de conclusão do curso relacionados à temática.

Os trabalhos têm abordagem em três projetos urbano-paisagísticos na Baixada Fluminense, visando a complementação do conhecimento de áreas correlatas ao currículo do curso de Arquitetura e Urbanismo da UCP. A mesa-redonda teve o objetivo de introduzir as questões socioambientais presentes na região da baixada fluminense, preparando os argumentos dos projetos a serem apresentados ao público. 

View the embedded image gallery online at:
http://www.ucp.br/web/index.php/en/noticias-ucp#sigFreeIdfdea32f459
Sete graduados em Relações Internacionais na UCP hoje levam o nome da Universidade para renomadas instituições de Ensino Superior após serem aprovados em seus programas de Mestrado com destaque. A notícia é recebida com orgulho pela Instituição, que confirma seu ensino de excelência na conquista de seus formandos. 

“Nossa Universidade é a maior da Região Serrana e uma das mais importantes instituições de ensino do interior do Estado, de modo que aumentar o contato com instituições da capital e da grande metrópole é de fundamental importância. Ter alunos da UCP em lugares tão renomados possibilita que nossa Universidade não apenas se torne mais conhecida nos grandes centros, mas também permite maior intercâmbio e troca de experiências com essas instituições”, destaca a coordenadora do curso de RI, Luiza Bizzo. 

Para ela, ter egressos da UCP aprovados nos programas de pós-graduação stricto e lato sensu de outras instituições agrega ainda mais valor ao curso e ao trabalho desenvolvido na Universidade.

“Em primeiro lugar a certeza da qualidade do nosso ensino. A UCP com seu excelente corpo docente, grupos de pesquisa e estrutura possibilitam aos alunos o ingresso onde eles desejarem. Além disso, já tivemos palestrantes, cursos, seminários oferecidos aos nossos alunos graduandos, devido à boa reputação da UCP que nossos egressos levam para essas instituições”, frisa Luiza.

É o que destacam os alunos que passaram com destaque nos mestrados. Formado no final do ano passado, o egresso Gustavo Santana foi aprovado em 1º lugar no Mestrado em Relações Internacionais da UERJ.

“A UCP e todo o seu corpo docente tiveram um enorme impacto na minha vida acadêmica, não só durante as aulas da graduação, mas também por meio de sua estrutura, de seus cursos de extensão e por incentivar a iniciação científica de seus alunos. Incluindo a mim, que fui introduzido à pesquisa científica ainda durante a graduação, ao ser aceito no grupo de pesquisa em Relações Internacionais da Universidade atuando na linha de pesquisa de Segurança Internacional”, lembra Gustavo, que agradece o empenho dedicado pelos professores.

UCP tem 7 graduados aprovados em mestrados de renomadas instituições

“Todos os professores do curso demonstram sempre interesse em auxiliar os alunos, mesmo fora do horário de aula, e este auxílio foi fundamental para a minha aprovação em primeiro lugar no processo seletivo para o mestrado em Relações Internacionais na UERJ, onde agora em 2019 dou início a mais um passo na caminhada acadêmica iniciada na UCP. A Universidade que me acolheu e me deu todo o suporte para isso. Orgulho de quem faz!”, disse.

O mesmo disse Matheus Marreiro, formado no segundo semestre de 2017. Ele foi aprovado em   na pós-graduação lato sensu da Escola Superior de Guerra em 2018 e neste ano em 2° lugar no processo seletivo no Mestrado Acadêmico em Segurança Internacional na mesma instituição.

“Durante o período da minha graduação pude verificar o grande investimento universitário em Pesquisa e Extensão. Foi através dessas oportunidades ofertadas que comecei a participar do Grupo de Pesquisa em Relações Internacionais, recebendo bolsa de iniciação científica da Fundação Dom Cintra para atuar na linha de pesquisa de Política Externa Brasileira Contemporânea, sob orientação do professor Tiago Sales. Em seguida, migrei para a linha de Segurança Internacional com a professora Luiza Bizzo. O resultado desse esforço conjunto foram as minhas aprovações”.

UCP tem 7 graduados aprovados em mestrados de renomadas instituições

Confira o depoimento de outros graduados aprovados

Lucas Poyares é graduado no segundo semestre de 2018 e ingressou neste semestre no Mestrado Acadêmico na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME).

“A UCP faz parte desta conquista! Na UCP fui apresentado ao programa de pós-graduação da ECEME, além de poder contar com o conhecimento adquirido nos 4 anos de graduação na universidade para me preparar para o processo seletivo do mestrado. Na UCP também pude dar, já na minha monografia, o primeiro passo para a pesquisa que faço hoje no mestrado, levando comigo, até hoje, conhecimentos adquiridos na faculdade”.

UCP tem 7 graduados aprovados em mestrados de renomadas instituições

Graduada no segundo semestre de 2017, Hellora Raibolt também foi aprovada no ano passado no Mestrado Acadêmico na ECEMEe Pesquisadora do Pro-Defesa.

“A UCP, além de ter me preparado para conseguir aprovação no processo seletivo com o conhecimento que adquiri durante o curso, também foi responsável por me levar a conhecer o Programa, pois minha orientadora, Luiza Bizzo, foi quem me apresentou o programa e o processo seletivo. Além disso, foi usando o próprio conhecimento adquirido na elaboração da minha monografia que fui capaz de elaborar um projeto para tentar a vaga no mestrado. Hoje, além de mestranda, sou pesquisadora do Pro-Defesa, no projeto que tem como tema: Modelagem e Aprimoramento da Cooperação Interagências em Benefício da Segurança Integrada”.

UCP tem 7 graduados aprovados em mestrados de renomadas instituições

Ana Carolina Lahr é concluinte no segundo semestre do ano passado e ingressou neste semestre no Mestrado Profissional em Estudos Marítimos pela Escola de Guerra Naval.

“O contato com temas de meu interesse intensificado em grande medida por estudos na UCP, além da ideia fomentada por minha orientadora Luiza Bizzo da consecução de um mestrado na minha área de estudos, contribuiu para minha aprovação no curso de mestrado profissional em Estudos Marítimos da Escola de Guerra Naval. Hoje, pelo PPGEM, estudo as questões securitárias no Golfo da Guiné e seus reflexos para os interesses estratégicos brasileiro no Atlântico Sul”.

UCP tem 7 graduados aprovados em mestrados de renomadas instituições

Aniele Farroco é graduada no segundo semestre de 2017 e mestranda ECEME no primeiro semestre do ano passado.

“O conhecimento adquirido durante a graduação de Relações Internacionais na UCP permitiu que eu passasse no processo seletivo do Mestrado. Todo o conhecimento adquirido na graduação permitiu que eu representasse o Exército Brasileiro em um curso na National Defense University em Washington D.C. em que debatia os problemas de segurança e defesa dos países da América Latina. Atualmente, além de mestranda, sou pesquisadora em Segurança Pública no Observatório da Praia Vermelha e bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) de dedicação exclusiva ao Programa de Pós-Graduação da ECEME na linha de pesquisa de Estudos da Guerra e da Paz”.

UCP tem 7 graduados aprovados em mestrados de renomadas instituições

Formanda em 2016, Mariana Carluccio é mestranda pela ECEME em 2018.

“O campo das RIs sempre me chamou a atenção, desde a adolescência, e por abranger uma vasta área de atuação, o ano de 2017 foi essencial para descobrir a área que eu gostaria de atuar. Desta forma, em 2018 ingressei no mestrado acadêmico em Ciências Militares pela Escola de Comando e Estado-maior do Exército (ECEME). Durante este percurso, a UCP foi essencial para moldar todo o conhecimento necessário para a aprovação no mestrado, assim como também despertou em mim, por meio do meu trabalho de conclusão de curso, o desejo de pesquisar com mais afinco as operações de paz nas quais o Brasil teve uma atuação mais relevante. Hoje, meu projeto de pesquisa tem como tema: A atuação de mulheres peacekeepers nas operações de paz da ONU: um olhar feminista sobre a Minustah. Por esses e outros motivos sou muito grata a UCP e ao seu corpo docente por me prepararem para todos os caminhos que vieram e hão de vir”.

UCP tem 7 graduados aprovados em mestrados de renomadas instituições