Busca

 
 

Ministrante:

Lindomar Padilha: Possui Graduação de Bacharel em Filosofia pelo Seminário Diocesano Paulo VI, Diocese de Nova Iguaçu; licenciatura em filosofia pela Universidade Estadual do Ceará. Possui Especialização em Desenvolvimento e Relações Sociais no Campo: Povos Indígenas, Quilombolas e Comunidades Tradicionais pela Universidade de Brasília - UNB. Participou do Sistema Interamericano de Direitos Humanos através da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA - CIDH em Washington em 2017. Tem atuação junto aos povos indígenas da Amazônia brasileira desde 1991 pelo Conselho Indigenista Missionário – CIMI. De 1991 a 1998 atuou com povos indígenas no Estado do Pará e, desde 1998, atua com os povos indígenas no Estado do Acre. Atualmente é mestrando do Programa de mestrado em Direito da Universidade Católica de Petrópolis – UCP, desde 2018.

Denise Salles: Doutora em Ciência Política pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos da UERJ (2012), Mestre em Ciência Política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (2003), Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Professora do Mestrado em Direito e do Centro de Teologia e Humanidades da Universidade Católica de Petrópolis. Coordenadora do Curso de Bacharelado em Relações Internacionais do Centro Universitário La Salle/RJ. Editora da Lex Humana. Parecerista dos seguintes periódicos acadêmicos: Synesis (ISSN 1984-6754) e Conhecimento & Diversidade (ISSN 2237-8049). Dedica-se às seguintes áreas de pesquisa: Direitos Humanos na América Latina, democracia, cultura política, direitos das crianças e dos adolescentes e política para as migrações no Brasil. Atualmente, lidera o grupo de pesquisa: Legislação, Cosmopolitismo e Fronteiras no Centro de Ciências Jurídicas da Universidade Católica de Petrópolis.
  

Objetivos:

O objetivo desse curso é fornecer elementos para uma reflexão sobre os rumos, caminhos e descaminhos do modelo desenvolvimentista, propiciar a análise da relação entre direitos da natureza, tendo o ser humano como parte desta, e vida plena, enquanto busca da realização pessoal e coletiva nos diversos campos da existência. Também tem como objetivo incentivar debates que visem a construção de uma sociedade mais justa pautada no respeito tendo o Bem Viver como busca e fim.

Público-alvo:

Alunos da pós-graduação em Direito e alunos de graduação dos cursos do Centro de Teologia e Humanidades e do Centro de Ciências Jurídicas.