www.ucp.br

UCP promove o I Seminário Interdisciplinar sobre Aborto e Direitos Humanos

O Centro de Ciências Jurídicas e Programa de Pós-Graduação em Direito a UCP, realizaram no mês de março, no Salão Nobre do Campus BC, o I Seminário Interdisciplinar sobre Aborto e Direitos Humanos.

O evento cientifico teve início às 08h30min , com a abertura do Monsenhor José Maria Pereira,  e durante todo o dia, professores, pesquisadores e especialistas se dedicaram a debater o tema do aborto em suas múltiplas implicações, objetivando esclarecer a sociedade e a comunidade científica sobre a gravidade do ato voluntário de interrupção da gravidez, que atenta contra o Direito à Vida assegurado a todo ser humano na Constituição Federal Brasileira e em Tratados Internacionais de Proteção aos Direitos Humanos.

O Seminário foi dividido em quatro mesas, a primeira foi sobre Abordagem Biomédica, com as palestras: “Teorias biológicas sobre o início da vida”, com o Prof. Dr. Rodrigo Grazinoli Garrido, Coordenador do Mestrado em Direito da UCP e Professor Adjunto da UFRJ, e a palestra “A beleza que dá a vida”, com a Profª Paula Valente Serman, Médica, Especialista em Medicina da dor pelo Hospital Israelita Albert Eintein,Formação em Consultoria de Imagem e Estilo pela DressCode Intl., Residência em clínica médica pelo Hospital Geral de Bonsucesso; Residência em Geriatria pela UFRJ. O mediador da primeira mesa foi o Prof. Paulo César Silva Tavares, Médico pediatra e Professor da Faculdade de Medicina da UNIFESO.

Para o Coordenador do Mestrado em Direito da UCP, Professor Dr. Rodrigo Grazinoli, “o Seminário foi uma excelente oportunidade para conhecermos a interdisciplinaridade do tema aborto. Ficou claro que as posições filosófica, biomédica e jurídica devem andar juntas para que tenhamos real reconhecimento dos Direitos Humanos e valorização da vida. Tivemos uma procura muito grande com a presença de alunos de diversos cursos e profissionais do meio jurídico e médico, além de religiosos que participaram com diversos questionamentos”. O professor finalizou dizendo que o “I Seminário Interdisciplinar sobre Aborto e Direitos Humanos foi importantíssimo para mostrar o vigor do mestrado em direito. Muitos mestrandos e mestres formado pela UCP compareceram e tivemos o lançamento do livro desenvolvido na dissertação da Professora Lília Nunes dos Santos sob orientação do Prof. Dr. Eduardo Klausner”. 

 

IMG 6300

Salão Nobre do campus BC repleto durante todo o evento.

 

A segunda mesa teve como tema “ABORDAGEM FILOSÓFICA”, com as palestras: “O Aborto na Perspectiva do Direito Natural”, com o Prof. Dr. Daniel Nunes Pêcego, Professor Adjunto do Departamento de Teorias e Fundamentos do Direito (UERJ) e Doutor em Direito pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da UERJ, e a palestra “O Fim da Linha do Humanismo: Da Escolha Individual à Seleção Institucional”, Com o Prof. Dr. Robson Oliveira, Doutor em Filosofia (UERJ), Professor de Estética, Filosofia da Ciência e Antropologia Filosófica da PUC-Rio e Professor do Instituto Filosófico Teológico São José. O mediador foi o Prof. Dr. Carlos Frederico Gurgel Calvet da Silveira, Doutor em Filosofia (Pontificia Università San Tommaso – Roma), Professor titular da UCP, Professor adjunto da PUC-Rio e Diretor do Centro de Teologia e Humanidades da UCP.

“Participar do I Seminário Interdisciplinar sobre Aborto e Direitos Humanos foi uma honra. A Universidade Católica de Petrópolis merece ser lembrada por retomar a tradição que deu origem às universidades em todo o mundo: um lugar dedicado ao debate pacífico e sincero de ideias, um lugar de busca da verdade do homem, da natureza e de Deus. Num tempo como o nosso, que só se interessa por consumo e poder, um Seminário que tematiza o valor absoluto do ser humano, sua dignidade e sua importância é uma luz num mar de utilitarismo e servilismo internacional. Espero mesmo que seja apenas o primeiro e que muitos outros venham tratar de Imperialismo, Organizações Internacionais e Globalismo estatal. ” – Disse o Prof. Dr. Robson Oliveira.

“Me sinto honrado por participar deste seminário multidisciplinar que contribuiu muito para o conhecimento de todos. Altíssimo nível! ” – Disse Luís Guilherme Netto Andrade, advogado, pós-graduando e membro da União dos Juristas Católicos do Rio de Janeiro (UJUCARJ).

 

DSC 0593 FILEminimizer

Palestrantes da parte da manhã recebendo seus certificados. 

 

Após a parada para o almoço, foi composta a terceira mesa, com o tema A Discussão Sobre o Aborto e o STF. A primeira palestra foi “A ADPF nº 54 e o Direito à Vida da Criança com Anencefalia”, com o Prof. Dr. Thiago Rodrigues Pereira, Doutor em Direito Público e Evolução Social (UNESA/RJ), Professor Adjunto do departamento de Direito Processual (UERJ), Professor Adjunto do PPGD da UCP e Consultor Jurídico em Direito Público de Educacional. Em seguida, foi ministrada a palestra “A ADIN 5.581/16: Efetivação ou Eliminação dos Direitos da Criança com Deficiência? ”, com o Dr. Paulo Silveira Martins Leão Júnior, Procurador do estado do Rio de Janeiro e Presidente da União de Juristas Católicos do Rio de Janeiro (UJUCARJ).

A Mediação da mesa foi realizada pela Profª. Ma. Sintia Said Coelho, Doutoranda em Educação (UCP), Mestre em Educação (UCP), Especialista em Magistério Superior em Direito (Estácio de Sá), Coordenadora do Curso de Direito da UCP e Avaliadora dos Cursos de Direito pelo INEP/MEC.

 

assinatura FILEminimizer

Formação da terceira mesa do Seminário.

 

A quarta e última mesa tratou do Aborto e Direitos Humanos, com a palestra “Aborto e o Conflito de Direitos Fundamentais”, com o Prof. Dr. Eduardo Antônio Klausner, Professor Permanente de Direito Internacional e Direitos Humanos do PPGD (UCP), Professor da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro – EMERJ, Juiz de Direito do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro e Doutor e Mestre em Direito Internacional e da Integração Econômica (UERJ). A Palestra “A análise do Aborto à Luz do Princípio da Dignidade Humana” finalizou o evento e foi realizada pelo Prof. Dr. Cleber Francisco Alves, Pós-Doutor – Institute of Advanced Legal Studies – University of London, Doutor em Direito (Teoria do Estado e Direito Constitucional) – PUC-RJ, Professor Adjunto (FD/PPGSD) – Universidade Federal Fluminense e Defensor Público – RJ. A mediação foi realizada pela Profª. Ma. Lília Nunes dos Santos, Mestre em Direito pela UCP, Especialista em D. Civil, D. Processo Civil e D. Empresarial (UVA), Professora da Universidade Anhanguera, Professora convidada da Pós-graduação da Universidade Estácio de Sá e Coordenadora Jurídica do Centro Especial de Orientação à Mulher (PM/SG).

 

seminarioaborto

Quarta mesa, com o Professor Dr. Eduardo Antônio Klausner, Prof. Dr. Cleber Francisco Alves e mediadora, Profª. Ma. Lília Nunes dos Santos, finalizando o evento.

 

DSC 0597 FILEminimizer

Entrega dos certificados dos palestrantes e equipe da parte da tarde do evento.

 

Durante o evento ocorreu o lançamento do livro “A Atual Discussão sobre a Descriminalização do Aborto no Contexto de Efetivação dos Direitos Humanos”, publicado pela Editora Juruá e de autoria da Professora Lília Nunes dos Santos, mestre em Direito pela Universidade Católica de Petrópolis.

 

IMG 6310 FILEminimizer

Lançamento do Livro “A Atual Discussão sobre a Descriminalização do Aborto no Contexto de Efetivação dos Direitos Humanos”.

 

Para a Profª. Ma. Lília Nunes dos Santos, mediadora da quarta mesa do evento e autora do livro lançado no mesmo dia, a oportunidade de discutir sobre a problemática do aborto em suas diversas vertentes, a partir de uma perspectiva interdisciplinar qualificada pelo conteúdo das palestras, “resultou no bom êxito do Seminário e na aderência da comunidade acadêmica à proposta apresentada. Isto porque as palestras foram proferidas e mediadas por especialistas e estudiosos do assunto, incluindo professores do PPGD e da graduação da UCP, destacando-se a presença da coordenadora do Curso de Graduação em Direito, a Prof.ª. Mª. Sintia Said Coelho”. A Professora Lília finalizou agradecendo pela estrutura institucional e o trabalho desenvolvido pelos funcionários, que “propiciaram um ambiente agradável e profícuo à propagação do conhecimento, ao diálogo e à reflexão. Este conjunto harmônico de fatores favoreceu para que, através deste I Seminário Interdisciplinar sobre Aborto e Direitos Humanos, a UCP continue cumprindo sua missão de propagar o conhecimento voltado para a unidade do saber. ”

 

DSC 0598 FILEminimizer

Estudantes de diversas regiões subiram a serra para prestigiarem o evento e o lançamento do livro da Profª. Ma. Lília Nunes dos Santos.

 

"O número considerável de pessoas presentes no evento, que atraiu um público variado, demonstra o alcance do objetivo proposto, qual foi proporcionar reflexões aprofundadas sobre o tema e favorecer o comprometimento da sociedade com a gestante e com a criança por nascer em situação de vulnerabilidade.  Principalmente porque os participantes, além de demonstrarem interesse pelo assunto abordado, marcando presença e formulando perguntas ao longo de todo evento, atuaram de maneira concreta com a oferta de doações destinadas às instituições de apoio à gestante, tendo sido arrecadado 72 pacotes de fraldas e 51 latas de lei em pó." - Cloncluiu a a Profª. Ma. Lília Nunes.

 

Petrópolis, 05 de maio de 2017


Pós-Graduação em Logoterapia e Análise Existencial na UCP recebe professor da Universidade Católica da Argentina

Entre os dias 07 e 08 de abril, a pós-Graduação em Psicologia da UCP recebe o Professor Dr. Claudio Garcia Píntos para ministrar a aula intitulada “Ciclo de Vida e Desenvolvimento Noético” no Curso de Logoterapia e Análise Existencial. O professorconvidado trouxe contribuições sobre o desenvolvimento humano na busca de realização do sentido de vida, abordando um tema pouco conhecido da Psicologia e muito relevante para compreendermos o desenvolvimento do ser humano numa perspectiva existencial e de grande valia para os dias atuais.

O palestrante é doutor em Psicologia e logoterapeuta há mais de 20 anos, é professor da Universidade Católica da Argentina, professor convidado em universidades latino-americanas, diretor do CLEA-UCA (Centro de Logoterapia e Análise Existencial da Universidade Católica da Argentina) e autor de mais de 15 livros publicados na Argentina, Brasil, México e Barcelona.

 

logo1

Profª Sonia Nascimento, Coordenadora Adjunta do Curso de Logoterapia pela ALVEF, e a professora Cleia Zanatta, do Curso de Psicologia e Mestrado em Psicologia da UCP, recebendo o palestrante convidado da Universidade Católica Argentina. 

 

“Foi uma honra receber o Doutor Claudio Garcia Pintos na nossa Universidade e conhecer mais da sua história, comenta a Profª Cleia Zanatta, Coordenadora do Curso pela UCP. Tivemos uma descontraída conversa, onde o professor convidado, que conheceu Viktor Frankl, contou que integra uma equipe de trabalho coordenada pelo Papa Francisco para promoção da paz no mundo através de intervenções junto à crianças e adolescentes em contextos comunitários para educá-las, transmitir valores, cultura, utilizando as artes, o esporte e outras modalidades. Falamos também do trabalho desenvolvido em Buenos Aires de apoio aos idosos com base na Logoterapia e do trabalho cultural através de musicais itinerantes - comédias musicais - criados por ele com a finalidade educativa de comunicar valores. São até o momento 12 musicais que costumam ser encenados em praças, teatros, espaços organizacionais e este trabalho já existe há 9 anos. ” 

 

logo2

Professor Claudio Garcia ministrando aula no Curso de Pós-Graduação em Logoterapia e Análise Existencial na UCP.

 

 A Logoterapia é um sistema teórico e prático, criado pelo psiquiatra Viktor Frankl, que se tornou mundialmente conhecido a partir de seu livro "Em Busca de Sentido", obra em que expõe suas experiências nos campos de concentração nazistas, que sedimentaram e ratificaram sua teoria.

A UCP é pioneira no Estado do Rio de Janeiro ao abrir, em maio de 2016, a primeira turma de Pós Graduação Lato Sensu em Logoterapia e Análise Existencial, em parceria com a Associação de Logoterapia Viktor Emil Frankl (ALVEF), de Curitba e o Instituto Viktor Frankl de Viena. 

As inscrições já estão abertas, no site da UCP para a segunda turma, com início previsto para agosto desse ano.

O curso oferece conhecimentos acerca da dimensão psico existencial do ser humano, contribuindo para a compreensão de seu desenvolvimento integral como pessoa, que questiona sobre o sentido da sua vida. Traz uma proposta que não se limita somente aos interessados em Psicologia, mas a graduados de todas as áreas do conhecimento, que se interessem pelo sentido de vida do ser humano voltado para valores.

 

logo3

Turma reunida após a aula ministrada pelo professor Claudio Garcia. 

 

 Petrópolis, 03 de maio de 2017

 

Professor Lulu recebe homenagem da UCP e da Câmara dos Vereadores de Petrópolis

Na última quarta-feira, dia 29 de abril, os ex-alunos das turmas de 60 e 70 do Curso de Engenharia da UCP organizaram uma homenagem ao professor Luiz Grinsztajn, mais conhecido como “Lulu”.

O evento iniciou-se com uma cerimônia para a inauguração de uma placa para o professor fixada na PAPe (Programa de Apoio Pedagógico) do Centro de Engenharia e Computação e contou com a participação de ex-alunos, colegas de profissão, familiares e também o comandante Márcio Mac Cullock da Escola Naval, onde o professor também lecionou. 

 

72 FILEminimizer

 Ex-alunos de Engenharia da UCP e professor Lulu no saguão Campus BA. 

 

Muito querido e competente, o Professor homenageado navegou em muitas áreas e disciplinas técnicas da grade curricular do Curso de Engenharia da UCP, desde o Cálculo Diferencial e Integral até a Mecânica dos Fluídos, passando por “RESMAT” (Resistência dos Materiais), dentre outras.

Na placa foi gravada a seguinte mensagem: “Pela forma de reconhecimento pela relevante importância na nossa formação acadêmica, profissional e social, queremos deixar como um alicerce na Escola de Engenharia, esta nossa homenagem ao Prof. Luiz Grinsztajn, por sua dedicação por mais de 50 anos aos alunos desta faculdade. ” 

 

DSC 0136 FILEminimizer

Professor Lulu com o ex-aluno, representando a turma de 1972, Eduardo Caetano, na inauguração da Placa dedicatória.

 

DSC 0131 FILEminimizer

Na foto, o ex-aluno da Escola Naval, Márcio Cullock, o professor Fábio Licht, diretor do CEC, Professor Lulu, a pró-reitora de Graduação, Regina Máximo e o ex-aluno da turma de 1972 da UCP, Eduardo Caetano.

 

lulufabio

Os professores de Engenharia da UCP, Fábio Licht e Luiz Grinsztajn.

 

“O professor Luis Grinsztajn é um ícone do CEC, um professor que ficou quase 50 anos nos apoiando e formando alguns dos melhores engenheiros do mundo. A UCP e o CEC agradecem à turma de 72 pelo merecido prêmio ao nosso querido "Lulu" por toda sua dedicação. ” – Disse o Diretor do Centro de Engenharia e Computação, professor Fábio Licht.


DSC 0113 FILEminimizer

 Gerações de ex-alunos reunidos com o professor homenageado. 

 

Dando continuidade às homenagens, após a fixação da placa, os ex-alunos foram convidados para uma visita guiada às atuais instalações do Campus da UCP de Engenharia junto ao professor Lulu. 

 

campusba

Visita Guiada no laboratorio do Campus BA.

 

“Eu, particularmente tive vários tipos de relacionamento com ele: primeiro como ALUNO quando tive o privilégio de tê-lo como Professor na própria “cadeira” de Resmat (matéria fundamental para o profissional de Engenharia) lá pelos idos de 1976. Em segundo, como MONITOR, quando “disputava” com outros amigos Monitores o auxílio nas provas dessa disciplina que duravam até 4 (quatro) horas e que, portanto, nos “rendia” uma melhor remuneração quando comparada com outras disciplinas, cujos prazos não passavam de UMA hora. Em terceiro, como seu DIRETOR (época em que fui Diretor do CEC), quando o digníssimo Professor me dava muitas sugestões e um grande suporte na Direção, especialmente no Programa PAPe, concebido por ele e que apoiei de braços abertos por entender ser fundamental para os estudantes seguirem no ensino de Engenharia. E por derradeiro, como AMIGO que sempre com seu bom humor tinha uma piada, um trocadilho ou uma palavra de incentivo em algum momento difícil. Em nossas festas de comemoração a cada 5 anos de formados (já há quase quarenta “primaveras”) uma pessoa que não pode faltar é o nosso querido Professor Luiz Grinsztajn. Que Deus o proteja e lhe dê muitos (mais) anos de vida. ” – Disse Ricardo Ramos, ex-aluno e professor do Curso de Engenharia da UCP. 

 

camara

No final da tarde, ocorreu a entrega de uma Menção Honrosa ao professor na Câmara dos Vereadores de Petrópolis.

 

 

Petrópolis, 03 de maio de 2017

 

Estudante do Colégio de Aplicação da UCP é aprovado em primeiro lugar na XIII Olimpíada Brasileira de Biologia

Com o incentivo dos seus professores, Daniela Marujo e Luiz Alberto Grossi, o estudante Luiz Guilherme Duarte Abad, de 16 anos, da segunda série do Ensino Médio do Colégio de Aplicação da UCP é aprovado em primeiro lugar (Petrópolis) na primeira fase da XIII Olimpíada Brasileira de Biologia. ​

 

 

biologiaaplicacaoEstudante Luiz Guilherme Duarte Abad.

 

Para o Coordenador do Colégio Aplicação, Daniel Caldeira, “participar de uma Olimpíada Brasileira de Biologia proporciona aos estudantes novas descobertas, novos lugares, ideias, técnicas e conhecimentos, muito mais do que ganhar uma medalha, prêmio ou diplomas de participação.  De modo geral, as olimpíadas científicas brasileiras, têm estimulado muitos jovens a descobrir mais sobre as ciências e até mesmo promover o intercâmbio entre colégios e universidades, auxiliando também, na escolha profissional do estudante”.

As Olimpíadas de Ciências são eventos internacionais que contam com a assinatura da UNESCO, com o objetivo de fomentar não só a competição, mas sim despertar e estimular o interesse pelas Ciências, proporcionar novos desafios aos estudantes; aproximar a universidade do ensino médio e, principalmente, permitir que os estudantes descubram nas ciências latu-sensu e na Educação a capacidade de crescimento intelectual, econômico e social. A segunda fase está marcada para o dia 7 de maio, próximo domingo.

 

 Petrópolis, 02 de maio de 2017

Centro de Engenharia e Computação da UCP e Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro promovem palestra sobre Gestão, Empreendedorismo e Tecnologias Emergentes

Na última quarta-feira, dia 19 de abril, às 18h30min, no auditório II do Campus BA, o Centro de Engenharia e Computação da UCP e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro promoveram a palestra “Gestão, Empreendedorismo e Tecnologias Emergentes - GETE”. O GETE que é um grupo de empresas e profissionais que atuam nas áreas de gestão, empreendedorismo e inovação. Atualmente, as ações do grupo são apoiadas pela Universidade do Estado do RJ e pelo CREA-RJ, através do Progredir. A palestra foi ministrada por Cláudio Quartaroli, Eduardo Paes Leme, Pedro Aurélio e Adriano Emilliozzi.

Cláudio Quartaroli é Mestre em Administração, pós-graduado em Análise de Sistemas, com MBA em Tecnologia da Informação e Gestão de Negócios. Arthur Cesar é Inspetor Especial do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro. Luís Eduardo Paes Leme é Diretor da NTPRO - Núcleo de Tecnologia Profissional. Adriano Emiliozzi lidera a iniciativa de Realidade Aumentada no Brasil, trazendo a plataforma consagrada Blippar ao mercado de publicações, marketing e varejo. É conferencista de eventos de Realidade Virtual e Realidade Aumentada. Pedro Rocha é Formado em Design de Produto pela UFRJ, com experiência na área em Turim - Itália, é responsável pela área de desenvolvimento de produto na empresa Kryo Desenvolvimento, cuja principal ferramenta utilizada é a tecnologia de manufatura aditiva (conhecida como Impresão 3D), tecnologia que está revolucionando os processos produtivos e quebrando barreiras da fabricação tradicional.

"A palestra é parte integrante da iniciativa do CREA-RJ, que através do Progredir incentiva as ações do GETE. O grupo busca apresentar Tecnologias que possam estimular o crescimento local e nacional, visando contribuir para uma nova reconfiguração social, de geração de oportunidades e de formação de riquezas. Além disso, visa também  a formação de pessoas para que possam atuar em ambientes dinâmicos e em processo de inovação contínua de Empreendedorismo e Inovação no Brasil, envolvendo profissionais e estudantes para apresentar e debater o uso estratégico de “Boas Práticas” de Tecnologias Emergentes na Nova Economia." - Disse o palestrante Cláudio Quartaroli.

O objetivo da palestra foi apresentar as novas tecnologias do mercado e as áreas de atuação emergentes. Dentre as tecnologias apresentadas, duas se destacaram: Os Drones e os Painéis Fotovoltaicos.

Na primeira etapa da palestra, foi apresentado o mercado de trabalho e os Drones, que hoje são utilizados em diversos ramos, onde é possível destacar os de segurança física e patrimonial, fotos e vídeos aéreos, reportagens, entregas, entre outras diversas utilidades.

A palestra serviu como um brainstorming para os alunos que viram nichos de mercado pouco explorados, ou até mesmo ideias inovadoras, que servirão não somente como trabalhos de conclusão de curso, mas também como produtos que podem gerar patentes e um reconhecimento do mercado.

“O mercado de energia solar fotovoltaica tende a crescer cada vez mais devido ao grande potencial solar que o brasil apresenta, de estar próximo a linha do equador. Além disso, tem aumentos sucessivos na conta de energia, provocado pela diminuição do volume dos reservatórios das hidrelétricas e a crescente necessidade de acionar as térmicas, acarretando uma elevação nos custos de transmissão e distribuição da energia. Associado a isso, há uma demanda crescente por parte da sociedade pelo uso de energias limpas, e a energia proveniente do sol, mostra-se muito confiável, segura e limpa. ” – Disse o convidado Arthur Cesar, Inspetor Especial do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro.

 

drones FILEminimizer

Drone apresentado na palestra. 

 

De acordo com o diretor do Centro de Engenharia e Computação da UCP, professor Fabio Licht, “a palestra teve um grande atrativo para todos os alunos, no caso da Elétrica, os painéis fotovoltaicos são uma realidade e em breve serão usados para diminuir os impactos da crise energética no Brasil. Hoje ainda não é muito explorada por conta do alto custo, mas isso também já está sendo observado e com o aumento da demanda, os custos também serão reduzidos. ”

O professor Fábio contou ainda que os alunos tiveram uma grande surpresa quando chegaram na Universidade e viram os voos dos Drones realizados pelos palestrantes. “Além do espetáculo, houve o entendimento de que o Drone não é mais visto como um brinquedo, mas também como uma ferramenta de trabalho para pessoas que atuam em diversas áreas. O vídeo feito pelo Drone mostrou ângulos do Campus BA da UCP, até hoje pouco conhecido pela maioria das pessoas”.

 

ba drones

Professores da UCP com os palestrantes no final do evento.

 

 Petrópolis, 24 de abril de 2017

 

Redes Sociais

Estamos nas redes sociais. Siga-nos e fique informado.

Periódicos CAPES

logo periodicos