www.ucp.br

Professor de Direito realiza intercâmbio acadêmico com série de atividades nos EUA e Japão

Visitas a instituições internacionais proporcionam interação para parcerias

 
O professor da graduação em Direito da UCP, Cleber Francisco Alves, em intercâmbio acadêmico desde o dia primeiro de junho, participou, em Nova Orleans (EUA), do Congresso Anual da Law and Society Association, organização acadêmica interdisciplinar empenhada em análises científicas, interpretativas e históricos sociais do Direito em vários contextos sociais. Após a passagem pelos EUA, o docente seguirá para o Japão, onde cumprirá uma semana de atividades a fim de aprofundar o conhecimento acerca do sistema jurídico do país e avaliar futuras parcerias institucionais.
 
“É uma experiência valiosa estar entre alguns dos mais importantes pesquisadores da área interdisciplinar de Direito e Ciências Sociais, com oportunidades de interação e estabelecimento de relações acadêmicas interessantes”, destacou o professor da UCP. Durante a realização do congresso americano, o docente foi responsável por debater o tema “Acesso à Justiça na Ásia e na América Latina: perspectivas comparadas nos sistemas de assistência jurídica gratuita do Brasil e do Japão”, fruto de um trabalho desenvolvido em coautoria com o defensor público Diogo Esteves.
 
Com apoio da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro e Ministério das Relações Exteriores, ambos seguirão para Tóquio, onde está programada uma visita à Sophia University, Universidade Católica japonesa pertencente a padres jesuítas. “O estreitamento de laços permitirá avaliar o potencial para a realização de intercâmbios”, conta Cleber. A viagem possui ainda como objetivos aprofundar o conhecimento acerca da assistência jurídica japonesa e transmitir informações sobre o sistema homólogo brasileiro, prestado pela Defensoria.
 
 
ClaberLaw
 
O professor Cleber Francisco Alves (esq.); acompanhado pelo professor americano Bryant Garth, coutor do livro "Acesso à Justiça"; e o defensor público, Diogo Esteves (dir.).
 

Professor discute a mediação e administração de conflitos em evento do Tribunal Regional Federal

 Iniciativa é parte da Série Justiça & Pensamento, promovida pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região


O professor de Direito da UCP, Klever Filpo, integrou uma mesa redonda no Centro Cultural da Justiça Federal, no Rio de Janeiro, para uma abordagem acerca da mediação e administração de conflitos. Realizada no dia 31 de maio, a iniciativa é parte da Série Justiça & Pensamento, promovida pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região.

Na ocasião, o docente abordou as dificuldades inerentes à recente implantação da mediação de conflitos no processo civil brasileiro, em razão do novo Código de Processo Civil, Lei nº 13.105/2015, e a forma como tal inovação é percebida pelos profissionais do Direito, especialmente advogados em interlocução com os mediadores e os mediados.

Também integraram a mesa os pesquisadores do NEPEAC/INCT-InEAC (Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos) PROPPI/UFF, Bárbara Gomes Lupetti Baptista, Kátia Sé Mello, Michel Lobo e Victor Rangel, coordenados pela juíza federal, Fernanda Duarte.

 

FOTO CCJF 01 KLEVER

O docente Klever Filpo (1º à dir.) integra mesa redonda "Mediação e Administração de Conflitos", no  Centro Cultural da Justiça Federal, no Rio de Janeiro.

UCP e Prefeitura assinam convênio de estágio para alunos de Direito no Procon

Oportunidade contempla todos os períodos da graduação e contribui para melhora do atendimento à população

Universidade Católica de Petrópolis e Prefeitura de Petrópolis assinaram durante a tarde da última terça-feira (15) um convênio de oportunidade de estágio para até trinta alunos da graduação em Direito, com foco em Direito do Consumidor. A oportunidade contempla todos os períodos do curso e contribui para o aumento da capacidade de atendimentos no Procon - Petrópolis. 

“É uma chance valiosa para os nossos alunos e que auxilia também na prestação de serviços à comunidade. A partir do convênio ampliamos o campo de estágio em uma área de grande procura, que é o Direito do Consumidor, e permitimos ao município um melhor atendimento à população”, destacou o reitor da UCP, padre Pedro Paulo de Carvalho Rosa. De acordo com o diretor do Centro de Ciências Jurídicas, professor Antônio Carlos Pimentel, o convênio “é fundamental pois além de possibilitar ao estudante a oportunidade de cumprir com as horas complementares obrigatórias, permite a formação de forma sólida para atuação no mercado de trabalho”, frisou. O convênio não possui custos para ambas as partes. 

 

Assina 02

Ato de assinatura de convênio. Da esquerda para a direita, o coordenador do Procon – Petrópolis, Jorge Francis Vidart Badia; o secretário de Fazenda de Petrópolis, Paulo Roberto Patuléa e o reitor da Universidade, padre Pedro Paulo de Carvalho Rosa.

 

Entre os presentes na solenidade de assinatura estavam a reitoria da Universidade, composta pelo reitor, padre Pedro Paulo de Carvalho Rosa; o vice-reitor, Marcelo Vizani; o pró-reitor administrativo, padre Luis Garcia Mello e a pró-reitora acadêmica, Regina Máximo, além do diretor do Centro de Ciências Jurídicas, professor Antônio Carlos Pimentel e alunos da graduação em Direito da UCP, que atualmente compõem parte do quadro de estágio do Procon, após ingresso por meio de concurso. O município foi representado pelo secretário de Fazenda de Petrópolis, Paulo Roberto Patuléa e o coordenador do Procon – Petrópolis, Jorge Francis Vidart Badia. A Câmara de Vereadores de Petrópolis foi representada pelo vereador Reinaldo Meirelles e a OAB – Petrópolis pelo presidente, Marcelo Schaefer.

 

Assina 01

Autoridades reuniram-se na reitoria da UCP para assinatura do convênio.

 

“O município agradece a UCP pois contará com a experiência dos docentes envolvidos e também com o entusiasmo dos alunos. Quem ganha com isso é o consumidor! Assim, avançamos no sentido da justiça social. Cerca de 90% das nossas demandas diárias são resolvidas no mesmo dia, com o Procon conseguindo uma solução junto ao comerciante reclamado. Os outros 10% são encaminhados para o Judiciário. Nos últimos meses, muito em função do trabalho que viemos fazendo e da exposição na mídia, o número de demandas por dia passou de cerca de 80 para 120. Então, esses estagiários vão nos ajudar a manter a qualidade, a rapidez e a eficiência no atendimento”, frisou o coordenador do Procon - Petrópolis, Jorge Francis Vidart Badia.  

 

Assina 03

Da esquerda para a direita: Claudia Guedon, servidora da Prefeitura de Petrópolis; o vereador Reinaldo Meirelles; o coordenador do Procon - Petrópolis, Jorge Francis Vidart Badia; o secretário de Fazenda de Petrópolis, Paulo Roberto Patuléa; o reitor da Universidade, padre Pedro Paulo de Carvalho Rosa; o presidente da OAB - Petrópolis, Marcelo Schaefer; o diretor do Centro de Ciências Jurídicas da Universidade, professor Antônio Carlos Pimentel; o integrante da OAB - Petrópolis, Paulo Roberto Fernandes e a pró-reitora acadêmica, Regina Máximo.

I Seminário Nacional de Justiça, Processo e Direitos Humanos publica seus Anais

Mestrado em Direito da Universidade Católica de Petrópolis publicou os Anais do I Seminário Nacional de Justiça Processo e Direitos Humanos, realizado nos dias 08 e 09 de outubro de 2015, na UCP.

O evento foi realizado com o auxílio da Fundação Carlos Chagas de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ), entre outros parceiros. O objetivo foi estimular o debate e a reflexão crítica e aprofundada sobre justiça, processo e direitos humanos, além de ampliar o diálogo entre alunos e pesquisadores de diversos centros acadêmicos.

A publicação é fruto do trabalho realizado por sete grupos formados por profissionais da UCP e de outras Universidades, entre professores e alunos de programas de pós-graduação. Foram abordados os temas Teoria da Decisão, o novo Código de Processo Civil, Processo Penal e Direitos Humanos, entre outros. Os resultados foram consolidados em Anais publicados neste site. Clique aqui para acessar o documento.

Alunos do mestrado e graduação em Direito da UCP apresentam pesquisas em Jornada de Iniciação Científica no Rio de Janeiro

Edital público admitiu a submissão de trabalhos de toda a comunidade acadêmica

 

IniciacaoUNESAMINAlunos do mestrado e graduação em Direito da UCP participaram do VII Seminário de Pesquisa da Estácio e III Jornada de Iniciação Científica da UNESA, realizado na cidade do Rio de Janeiro. O edital público admitiu a submissão de trabalhos de toda a comunidade acadêmica, especialmente trabalhos relacionados a projetos de pesquisa, incluindo doutores, mestres, doutorandos, mestrandos, professores e alunos da graduação.

Dentre os selecionados estavam os alunos Juliana Paschoal, Valquíria Rezende e Gabriela Claudino, bolsistas da Iniciação Científica da UCP, que apresentaram oralmente o conteúdo resultante das pesquisas desenvolvidas em conjunto com o mestrando Pedro Henrique Baião. Os trabalhos apresentados têm em comum o fato de utilizarem a metodologia da pesquisa empírica qualitativa, foco do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa Empírica sobre Administração de Conflitos (GIPAC), liderado pelo professor Klever Filpo, docente do mestrado em Direito da UCP. 

Confira os alunos que tiveram trabalhos aprovados e apresentados no evento: Pedro Henrique Novarini Baião Duarte, aluno do mestrado, com a publicação de resumo e apresentação oral; Miguel Barreto, aluno do mestrado, com a publicação de resumo; Juliana Paschoal, aluna da graduação e bolsista do PIBIC, com a publicação de resumo e apresentação oral; Valquiria Rezende, aluna da graduação e bolsista do PIBIC, com a publicação de resumo, artigo completo e apresentação oral; Gabriela Claudino, aluna da graduação e bolsista PIBIC, com a publicação de resumo, artigo completo e apresentação oral; Frank Willian Santos, aluno da graduação e bolsista do PIBIC, com a publicação de resumo e Thais Borzino Cordeiro Nunes, pesquisadora do GIPAC, com a publicação de resumo.

Redes Sociais

Estamos nas redes sociais. Siga-nos e fique informado.

Periódicos CAPES

logo periodicos